Consulta IPVA: mais simples do que você imagina!

Existem algumas taxas e impostos a serem pagas para que um veículo esteja apto a circular no trânsito. Dentre elas está o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o qual deve ser pago anualmente pelo proprietário do veículo. Ficou na dúvida quanto a este imposto? Pois saiba que é muito fácil fazer a consulta IPVA!

Saiba mais sobre o IPVA

O IPVA é um tributo cobrado pelo governo do Estado em que o carro está licenciado. O órgão público que realiza esta regulamentação é a Secretaria da Fazenda (Sefaz) de cada Estado. Logo, cada Sefaz possui suas diretrizes a serem seguidas, pois as regras não são iguais para todos os Estados.

Adicionalmente, o valor do IPVA é diferente para cada tipo de veículo, variando de 1 a 6% sobre o valor venal do automotor. Consequentemente, motocicletas possuem IPVA mais barato que automóveis, e à medida que o veículo perde valor com o passar dos anos, o IPVA também torna-se mais baixo.

É importante salientar que a consulta IPVA não serve apenas para verificar se o seu veículo está em dia perante à legislação de trânsito. Caso você esteja querendo comprar um carro novo, ou mesmo um automóvel usado, saber o valor do IPVA é muito significativo, uma vez que este tributo deverá ser pago a cada ano.

Portanto, o IPVA é mais uma conta que deve ser levada em consideração para balancear os seus gastos pessoais totais.

No caso de automóveis usado, consultar a situação do IPVA pode tornar a negociação mais segura. Adicionalmente, é possível negociar um preço mais baixo caso este imposto ainda esteja em aberto.

Com o intuito de ajudar você a consultar a situação e o valor do IPVA de um veículo, preparamos este post com as informações e dicas necessárias. Então, acompanhe aqui sobre a consulta IPVA e fique atualizado sobre este pagamento obrigatório. Fique atento e evite problemas por estar com o IPVA atrasado!

Como realizar a consulta IPVA?

Como dito, o IPVA é cobrado pela Sefaz de cada Estado. Portanto, você primeiramente deve acessar o site da Sefaz do Estado em que o veículo estiver licenciado. Na sequência, acesse o menu IPVA e localize a opção para realizar a consulta IPVA. Em seguida, basta inserir o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) e a placa do veículo. O RENAVAM pode ser encontrado no documento de licenciamento do veículo.

Há também a opção de acessar o site do Departamento de Trânsito (Detran) do Estado que o veículo estiver licenciado e proceder da mesma maneira. Basta procurar pelo menu IPVA e inserir o número do RENAVAM e a placa do veículo nos campos a serem preenchidos. Tanto pela Sefaz como pelo Detran você poderá conferir o valor do IPVA do veículo pesquisado, assim como a situação regular perante a este tributo.

Não podemos deixar de citar que estas informações podem ser conseguidas através do serviço de despachante de veículos. Procure um profissional de confiança e realize a consulta IPVA. Ainda, caso seja necessário realizar o pagamento do IPVA, bem como de qualquer outro imposto, o despachante conseguirá fazê-lo.

Evite deixar o IPVA atrasado!

As datas de pagamento do IPVA variam conforme o Estado e o final da placa do veículo. Portanto, faça a consulta IPVA o quanto antes para deixar o seu veículo sempre regular. Cabe salientar que um veículo não é multado nem guinchado caso esteja com o IPVA atrasado. Entretanto, este tributo deve estar pago para que o proprietário possa realizar o licenciamento do veículo.

De acordo com o Artigo 131 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o veículo não pode conter débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito para que o licenciamento seja realizado. Ainda, não possuir o licenciamento regular do veículo é considerado uma infração gravíssima, conforme o Artigo 230 do CTB. Neste caso, o condutor receberá 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e pagará uma multa no valor R$ 293,47.

Portanto, faça o quanto antes a consulta IPVA e evite transtornos para a circulação do seu veículo. Adicionalmente, procure se informar sobre o valor do IPVA para saber se é possível arcar com os gastos totais de um carro novo ou usado a ser comprado. Aproveite as dicas, faça a consulta IPVA, e dirija tranquilo e com responsabilidade.

IPVA com desconto? O que muda após greve dos caminhoneiros

A greve dos caminhoneiros no Brasil foi notícia em todo mundo. Por ser um meio de transporte que carrega milhares de produtos essenciais para o cotidiano dos brasileiros, esta greve paralisou o país. Como forma de negociar o fim da manifestação, algumas propostas foram sugeridas, como por exemplo o IPVA com desconto para os caminhoneiros.

Entretanto, nem todas estas promessas ainda foram oficialmente estabelecidas. Algumas precisam passar por regulamentações ou ainda só poderão ser oferecidas no próximo ano. Resta aos caminhoneiros aguardarem que os acordos estipulados sejam cumpridos. Ainda, é importante verificar quais Estados estão tomando estas medidas.

Por enquanto, acompanhe este post e mantenha-se atualizado quanto às mudanças exigidas pelos caminhoneiros. Confira os pontos importantes do acordo para o fim da greve, principalmente quanto à questão do IPVA com desconto.

O que foi ou está sendo discutido em relação aos caminhoneiros?

IPVA com desconto

Diversos pontos foram debatidos com os caminhoneiros a fim de interromper a greve. Dentre eles, a diminuição no preço do diesel. Conforme o acordo, o governo prometeu baixar em R$ 0,46 o valor do litro do diesel, o qual espera-se que seja passado aos postos de combustíveis. Este congelamento do valor está estimado para durar 60 dias. Com isso, o impacto nos cofres públicos devem chegar a R$ 13,5 bilhões.

Outros aspecto debatido foi o cancelamento das multas dadas aos grevistas. Entretanto, cabe salientar que a proposta é uma espécie de anistia da multa, ou seja, a multa será trocada por uma advertência apenas. Esta anistia será concedida às infrações aplicadas entre os dias 21 de maio e 4 de junho. Para isso, o caminhoneiro deverá apresentar um recurso junto ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

No Estado de São Paulo, o desconto em pedágios também é um dos pontos acordados para que a greve terminasse. A medida é referente à isenção do pagamento de pedágio por eixo suspenso do caminhão. Vale salientar que esta isenção já ocorre normalmente em todas as vias federais desde 2015. Entretanto, não acontece nos pedágios de rodovias paulistas.

E o IPVA com desconto, como fica?

Um aspecto muito importante que também foi debatido trata-se do IPVA com desconto para o ano de 2019. Alguns representantes do governo dos Estados confirmaram que irão realizar uma emenda para obter um IPVA diferenciado para os caminhoneiros autônomos. Ainda, há possibilidade do parcelamento do IPVA 2019 em até 6x para estes profissionais.

Porém, estas questões ainda serão oficialmente discutidas para que possam ser inclusas no exercício de 2019.

Por enquanto, o IPVA 2018 deve ser pago normalmente pelos caminhoneiros. Cabe a estes motoristas ficarem atentos à novidades e não deixarem de regularizar a sua situação no ano atual.

Vale lembrar que o IPVA é um tributo cobrado pela Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz) em que o caminhão estiver licenciado. Não deixe de conferir o calendário para o pagamento do IPVA, de acordo com o Estado e o final da placa do veículo. Este imposto deve ser pago anualmente ou  podendo ser divido em 3 parcelas. Caso seja pago em parcela única, o proprietário recebe o IPVA com desconto de 3% sobre o valor total.

O site da Sefaz de cada Estado permite que o proprietário consulte a situação e o valor do IPVA. Para isso, basta preencher os campos com o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) e a placa do veículo. Caso prefira, é possível verificar estas informações no site do Departamento de Trânsito (Detran) do Estado de licenciamento do caminhão.

Mantenha o IPVA regularizado e evite maiores transtornos

Apesar da impossibilidade de multa ou guincho por estar com o IPVA vencido, este imposto é obrigatório para o licenciamento do caminhão. Todos os débitos, encargos e multas devem estar pagas para que o motorista possa solicitar a renovação do licenciamento. Aí sim, caso o veículo esteja com o licenciamento atrasado, haverá autuação, 7 pontos na Carteira de Habilitação (CNH), e multa de R$ 293,47.

Portanto, resta aos caminhoneiros aguardarem pelas notícias e confirmação das promessas. Quanto ao IPVA com desconto, este só poderá ser aplicado no ano de 2019. Logo, mantenha em dia a sua situação perante à legislação de trânsito e evite problemas com os órgãos fiscalizadores. Seja responsável e dirija com a documentação em dia!