Consulta IPVA: mais simples do que você imagina!

Existem algumas taxas e impostos a serem pagas para que um veículo esteja apto a circular no trânsito. Dentre elas está o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), o qual deve ser pago anualmente pelo proprietário do veículo. Ficou na dúvida quanto a este imposto? Pois saiba que é muito fácil fazer a consulta IPVA!

Saiba mais sobre o IPVA

O IPVA é um tributo cobrado pelo governo do Estado em que o carro está licenciado. O órgão público que realiza esta regulamentação é a Secretaria da Fazenda (Sefaz) de cada Estado. Logo, cada Sefaz possui suas diretrizes a serem seguidas, pois as regras não são iguais para todos os Estados.

Adicionalmente, o valor do IPVA é diferente para cada tipo de veículo, variando de 1 a 6% sobre o valor venal do automotor. Consequentemente, motocicletas possuem IPVA mais barato que automóveis, e à medida que o veículo perde valor com o passar dos anos, o IPVA também torna-se mais baixo.

É importante salientar que a consulta IPVA não serve apenas para verificar se o seu veículo está em dia perante à legislação de trânsito. Caso você esteja querendo comprar um carro novo, ou mesmo um automóvel usado, saber o valor do IPVA é muito significativo, uma vez que este tributo deverá ser pago a cada ano.

Portanto, o IPVA é mais uma conta que deve ser levada em consideração para balancear os seus gastos pessoais totais.

No caso de automóveis usado, consultar a situação do IPVA pode tornar a negociação mais segura. Adicionalmente, é possível negociar um preço mais baixo caso este imposto ainda esteja em aberto.

Com o intuito de ajudar você a consultar a situação e o valor do IPVA de um veículo, preparamos este post com as informações e dicas necessárias. Então, acompanhe aqui sobre a consulta IPVA e fique atualizado sobre este pagamento obrigatório. Fique atento e evite problemas por estar com o IPVA atrasado!

Como realizar a consulta IPVA?

Como dito, o IPVA é cobrado pela Sefaz de cada Estado. Portanto, você primeiramente deve acessar o site da Sefaz do Estado em que o veículo estiver licenciado. Na sequência, acesse o menu IPVA e localize a opção para realizar a consulta IPVA. Em seguida, basta inserir o número do RENAVAM (Registro Nacional de Veículos Automotores) e a placa do veículo. O RENAVAM pode ser encontrado no documento de licenciamento do veículo.

Há também a opção de acessar o site do Departamento de Trânsito (Detran) do Estado que o veículo estiver licenciado e proceder da mesma maneira. Basta procurar pelo menu IPVA e inserir o número do RENAVAM e a placa do veículo nos campos a serem preenchidos. Tanto pela Sefaz como pelo Detran você poderá conferir o valor do IPVA do veículo pesquisado, assim como a situação regular perante a este tributo.

Não podemos deixar de citar que estas informações podem ser conseguidas através do serviço de despachante de veículos. Procure um profissional de confiança e realize a consulta IPVA. Ainda, caso seja necessário realizar o pagamento do IPVA, bem como de qualquer outro imposto, o despachante conseguirá fazê-lo.

Evite deixar o IPVA atrasado!

As datas de pagamento do IPVA variam conforme o Estado e o final da placa do veículo. Portanto, faça a consulta IPVA o quanto antes para deixar o seu veículo sempre regular. Cabe salientar que um veículo não é multado nem guinchado caso esteja com o IPVA atrasado. Entretanto, este tributo deve estar pago para que o proprietário possa realizar o licenciamento do veículo.

De acordo com o Artigo 131 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o veículo não pode conter débitos relativos a tributos, encargos e multas de trânsito para que o licenciamento seja realizado. Ainda, não possuir o licenciamento regular do veículo é considerado uma infração gravíssima, conforme o Artigo 230 do CTB. Neste caso, o condutor receberá 7 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e pagará uma multa no valor R$ 293,47.

Portanto, faça o quanto antes a consulta IPVA e evite transtornos para a circulação do seu veículo. Adicionalmente, procure se informar sobre o valor do IPVA para saber se é possível arcar com os gastos totais de um carro novo ou usado a ser comprado. Aproveite as dicas, faça a consulta IPVA, e dirija tranquilo e com responsabilidade.

Carros com IPVA atrasado podem ser apreendidos? Veja aqui

Hum… IPVA atrasado? Não se recrimine nem se critique. Muitos brasileiros acabam atrasando o pagamento do IPVA. E são muitos os motivos. Vão de simples esquecimento à falta de recursos mesmo (a gente espera, claro, que o seu caso seja esquecimento).

Muitos proprietários têm dúvidas diversas a respeito de IPVA atrasado:

  • É possível parcelar?
  • Os juros são altos?
  • Posso usar o veículo mesmo com IPVA atrasado?
  • E a dúvida que mais tira o sono: meu carro pode ser apreendido?

Nós vamos responder a suas dúvidas e as de nossos visitantes – algumas aqui; outras em outros textos. Porém, se você tiver alguma outra, pode deixar mensagem abaixo no campo “Comentários”. Ou enviar a dúvida diretamente para nossos e-mails.

Separamos as questões por tema para facilitar sua busca aqui.

Verificando IPVA Atrasado

Sou avisado sobre pagamento?

A partir deste ano, os órgãos competentes não enviarão aviso de pagamento. Portanto, você precisa ficar atento e ver abaixo como consultar. Desta forma, não vai entrar no rol que a gente comentou acima: dos esquecidos.

Como consultar meu IPVA?

Você pode consultar o IPVA atrasado ou não no site da própria Secretaria da Fazenda. Tenha em mão o número do Renavan e a placa do veículo.

Há outros sites para eu verificar?

Sim. Diversos, mas a gente sugere que sempre busque informações em ambientes confiáveis, como o nosso site, o site do Detran de seu estado ou da Secretaria da Fazenda (acima).

Consequências do não pagamento do IPVA atrasado

Consigo licenciar meu veículo com IPVA atrasado?

Não. Para manter autorização de rodagem de seu veículo, é preciso estar com IPVA em dia, bem como com outros débitos eventuais.

E se eu não pagar?

Importante: Veja abaixo a questão sobre apreensão de veículo.

O número de seu CPF (ou do proprietário) pode ser incluído no banco da Dívida Ativa. Isso acarreta transtornos no momento de adquirir empréstimos ou parcelar compras no mercado financiador.

Além disso, você não vai conseguir licenciar o veículo, como a gente disse acima. E, se precisar vender, a transferência não poderá ser realizada. E – você sabe – deixar o veículo em seu nome, mas sob responsabilidade de terceiros, é risco terrível.

E ainda começa a receber cartas de cobrança. Em algum momento, vai precisar pagar e, então, haja juros!

Posso rodar com meu carro com o IPVA atrasado?

Pode, mas sob riscos. A gente sugere de novo que veja abaixo a questão sobre apreensão de veículo.

É bastante arriscado dirigir veículo com esse imposto em atraso.

Parcelamento do IPVA atrasado

Eu consigo parcelar o valor em atraso?

Não. O débito deve ser quitado na íntegra.

Tem certeza de que não é possível parcelar?

Porém, há duas opções, uma diretamente nos órgãos oficiais; outra à parte deles:

  • PPD

O Programa de Parcelamento de Dívidas é instrumento oficial de alguns estados. Abrange diversas dívidas, incluindo IPVA. Entretanto, não é oferecido sempre. Assim, você precisa se informar se seu estado dispõe do programa.

  • Linha de crédito em bancos ou financiadoras

Nesse caso, você recolhe o IPVA atrasado integralmente perante a Secretaria da Fazenda de seu estado, mas paga parcelas mensais à instituição credora. Então, precisa atentar para as taxas de juros internos da instituição.

Apreensão de veículo com IPVA atrasado

Meu carro vai ser apreendido?

Segundo as normas de trânsito, não é exatamente o IPVA atrasado que provoca apreensão do veículo, mas o não licenciamento. Como você não consegue licenciar se o imposto estiver em atraso, então, a resposta é sim.

Portanto, indiretamente, o IPVA atrasado pode provocar apreensão de seu veículo.

E vai ser sempre assim?

Há projeto de Lei (3498/2015 do deputado Jhonatan de Jesus [PRB/RR]) que propõe separação entre o licenciamento e o IPVA. Porém, isso se mostrou impossível em função de normas internas dos órgãos oficiais.

Pensa-se, então, em oferecer prazo de 15 dias a 12 meses a partir da infração para regularização do pagamento. Nesse caso, o veículo não poderia ser removido por agentes de trânsito até o fim desse prazo.

O Projeto de Lei busca facilitar a vida principalmente de proprietários que usam o veículo para trabalho. Ainda, procura contemplar o caso de o licenciamento estar próximo da data de pagamento do IPVA, o que causa transtorno financeiro ao dono do veículo.

Mas atenção: ainda é Projeto de Lei, ou seja, não está em vigor..

Pagamento do IPVA atrasado

E qual é o procedimento para pagamento?

Se a unidade física do Detran de seu estado for acessível, é preferível que compareça a ela. Caso contrário, pague virtualmente.

  1. Entre no site do Detran de seu estado
  2. Busque no menu IPVA e, depois, Pagamento de IPVA. O sistema vai informar os atrasos
  3. Informe os dados solicitados: placa, Renavan ou outros
  4. O sistema sugerirá que você emita a GR – Guia de Recolhimento

A gente torce para que você não atrase o pagamento do IPVA e que tenha tirado suas dúvidas. Mas, se tiver mais alguma, envie uma mensagem ou informe sua dúvida no campo de Comentários.

A gente está aqui para isso mesmo.