Ipva atrasado: como pagar o ipva do seu veículo atrasado?

Muitas pessoas já ficaram com o IPVA atrasado por não saberem como pagar a taxa: Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores. E as consequências do IPVA atrasado costumam ser algumas, como:

  • O dono do carro não poderá fazer um novo licenciamento para o seu veículo,
  • Sem estar com o carro licenciado, o dono do veículo poderá ter também ser multado, caso seja parado em uma blitz policial e ter o veículo apreendido,
  • Terá de recuperar o carro com o IPVA atrasado pagando o IPVA acrescido de juros e multas e os dias em que o veículo passou no pátio do Detran (Departamento de Trânsito),
  • É possível que o CPF do proprietário do carro seja incluso nos órgãos de proteção ao crédito (Serasa e/ou SPC),
  • Inclusão de pontos na sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação), entre outras penalidades aplicadas, que sairão muito mais caras do que pagar o IPVA em dia.

 

Como pagar, então, IPVA atrasado?

 

Para não passar transtornos e pagar o IPVA atrasado, veja os passos a seguir:

  1. Acesse a página da internet do Detran do estado em que seu carro está emplacado.
  1. Complete os dados do veículo, como número da placa e do Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores) e consulte os valores pendentes.
  1. Escolha a opção para pagar o boleto. Imprimia o boleto que já virá com o valor devido e acréscimos de juros e multas.
  1. Pague em qualquer rede bancária, agências dos correios ou pela internet.

 

Pagar IPVA atrasado tem desconto?

Não. Pagar IPVA atrasado não tem desconto. O que pode ser feito, em alguns estados é parcelar a dívida no cartão de crédito em até 12 vezes, como na cidade de São Paulo.

Como posso evitar atrasar novamente o pagamento do IPVA do meu veículo?

Caso você esteja sem dinheiro para pagar o IPVA em dia, é melhor pagar em 3 vezes (sem desconto), com parcelas com vencimentos em: janeiro, fevereiro e março.  Caso sobre dinheiro, pague tudo (sem desconto) em fevereiro, quitando o parcelamento.

Melhor ainda se você puder pagar com desconto o IPVA em janeiro.

Mas qual é o valor do IPVA?

O valor do IPVA varia de estado para estado do país. No entanto, costuma representar até 4% do valor venal do veículo.

Por exemplo, caso você seja proprietário de um veículo cujo valor de venda é de R$ 20 mil e o carro está emplacado em um estado onde o valor do IPVA é de 4%, o custo do seu IPVA será de R$ 800,00 – caso seja pago à vista. Lembre-se de que você poderá pagar menos que isso, caso escolha pagar à vista no mês de janeiro.

 

Regularize IPVA atrasado

Agora que você já sabe como pagar o IPVA atrasado do seu veículo, não deixe de regularizar a sua situação. Não pague multas, juros ou tenha o carro apreendido por IPVA atrasado nunca mais.

Entre agora mesmo no site do Detran do estado do seu veículo e resolva essa situação!

Curiosidades sobre valores de IPVA

Você sabe quais os 5 carros do Brasil como IPVA mais barato (se não pagar o IPVA atrasado)? Só aqui você ficará sabendo, vamos lá?

  • Peugeot 206 Sensation 1.4 2006 – R$ 488,
  • Chevrolet Celta Super 1.0 2p 2002 – R$ 444,
  • Fiat Palio Young 1.0 2p 2002 – R$ 388,
  • Ford Fiesta Street 1.0 2p 2002 – R$ 376,
  • Volkswagen Gol Special 1.0 2p 2002 – R$ 376.

IPVA Isenção: Em quais casos é possível conseguir a isenção do IPVA?

Todo os anos é a mesma coisa no mês de janeiro: devemos pagar o IPVA (Propriedade de Veículos Automotores) do veículo, caso contrário, quem não pagou terá de regularizar urgente a situação. No entanto, a dúvida de muitas pessoas é se tem como obter IPVA isenção.

Sim, tem. No entanto, para você conseguir IPVA isenção deverá se enquadrar em alguns dos diversos casos onde é possível não ser cobrado ou ter prejuízos por ter a taxa não paga.

Como conseguir a isenção do IPVA

Você pode conseguir IPVA isenção caso se enquadre nas situações a seguir:

 

  • Artrodrese,
  • Amputação,
  • Artrogripose,
  • Artrite,
  • Cardiopatias,
  • Câncer de Próstata Pós Cirúrgico,
  • Cirurgia de Punho,
  • Cirurgia de Joelho,
  • Condromalácia Patelar,
  • Cirurgia e/ou Lesão de Ombro,
  • Deficiência Visual,
  • Deficiência Mental,
  • Encurtamento de Membros,
  • Doença de Parkinson,
  • Escoliose Acentuada,
  • Esclerose Múltipla,
  • Estomias,
  • Espondilite Anquilosaste,
  • Insuficiência Renal,
  • Hérnia de Disco,
  • Má Formação,
  • Lesão por Esforço Repetitivo (LER),
  • Nanismo,
  • Mastectomia,
  • Ostomia,
  • Neuropatias Diabéticas,
  • Paralisia Cerebral,
  • Paralisia,
  • Problemas Graves na Coluna,
  • Poliomielite,
  • Prótese Interna ou Externa,
  • Prótese de Fêmur,
  • Quadrantectomia,
  • HIV/AIDS,
  • Quadrantectomia,
  • Síndrome do Túnel do Carpo,
  • Tetraparesia,
  • Tetraplegia,
  • Tendinite Crônica,
  • Bursite Crônica, entre outras.

 

Outros direitos para IPVA isenção

Caso você se enquadre nas situações informadas no item acima também pode ter o direito de comprar veículos adaptados com desconto e IPVA isenção. Porém, há algumas regras para você conseguir o IPVA isenção, vamos conhecê-las?

 

  1. É obrigatório ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) especial para os casos já citados. Para isso, você deve procurar uma autoescola que emita esse tipo de documento.
  1. Possuir um laudo médico para poder dirigir. O médico que fornece o atestado faz parte do Detran (Departamento de Trânsito), para evitar fraudes.
  1. O seu veículo (usado ou 0 km) terá IPVA isenção apenas quando ele estiver corretamente no nome seu nome.
  1. Enviar todas as documentações citadas para a Secretaria da Fazenda da região onde você reside. É esse órgão que aprovará ou não se você poderá ter a isenção do IPVA.
  1. Aguardar a resposta sobre a aprovação ou não do IPVA do seu carro.

Outras formas sobre como conseguir IPVA isenção

Além dos casos citados, alguns profissionais também podem conseguir o IPVA isenção. São eles:

 

  • Taxistas,
  • Mototaxistas,
  • Transporte escolar,
  • Ônibus ou vans fretadas.

 

Mais formas de conseguir a Isenção de IPVA

Além do que você ficou sabendo até agora, também pode conseguir IPVA isenção em alguns estados do Brasil, como em São Paulo, por exemplo – caso você tenha um carro fabricado há mais de 20 anos.

Esclarecimentos sobre a isenção do IPVA

E mais! A lei que beneficia alguns dos os casos citados nesse texto não contemplam apenas o IPVA.

Desde o ano de 1995, segundo informações apuradas, não há apenas o direito de não pagar o IPVA, mas também de não pagar o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Isso de acordo com a Lei Federal nº 8.989/95 e apenas na compra de carros 0 km.