Sem dúvida, o IPVA Pagar é uma das maiores preocupações dos motoristas em todo país. O principal motivo? O atraso no pagamento desse imposto pode gerar grandes problemas que vão desde a apreensão do veículo, até dificuldades em vender o carro ou moto.

Apesar do IPVA ser um imposto obrigatório, ele ainda causa dúvidas nos proprietários de veículos, sobretudo, no que se refere a como efetuar a quitação desse débito. Essa falta de informação, é uma das principais responsáveis pelo atrasos e irregularidades na documentação do carro ou moto.

Para evitar que isso aconteça com você, continue lendo este post para descobrir mais informações sobre o pagamento do IPVA. Confira:

 

Como IPVA Pagar?

Com o avanço da tecnologia, IPVA Pagar se tornou uma tarefa muito mais rápida e prática. Afinal, diferente de alguns anos atrás, hoje não é mais preciso se deslocar até o Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) para quitar a taxa, pois o procedimento pode ser feito via online.

Isso mesmo, a consulta do IPVA pode ser feita através do site do DETRAN de cada estado. Nele, é possível acessar uma aba com o nome “Consulta Débito de Veículos”.

Ao clicar nessa opção, o site redireciona o usuário para um formulário que deve ser preenchido com informações sobre o motorista e o seu automóvel. Em relação ao veículo é necessário ter o Renavam e o código da placa. Já sobre o proprietário, o site pedirá o CPF e a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Dependendo do estado, os documentos requisitados podem ser diferentes, mas o procedimento continua sendo simples e rápido de realizar. Ao consultar o débito em aberto, o motorista pode emitir uma guia de pagamento que usará para pagar pelos bancos conveniados ou em alguma casa lotérica.

É importante lembrar das datas de vencimento do boleto. Elas são decididas por meio do último dígito presente na placa do veículo. Todo o ano o DETRAN de cada estado disponibiliza um calendário atualizado.

 

Qual o valor da taxa?

O governo calcula o valor do imposto sobre cada veículo com base na Tabela FIPE. Cada estado possui sua própria alíquota, mas no geral é cobrado de 2% a 4% para carros e de 1% a 6% para motos.

A taxa ainda pode variar de acordo com a forma que o proprietário paga o imposto. À vista é possível encontrar descontos de 1% a 7%. Já se o pagamento for feito em parcelas é possível que sejam cobrados juros.

Portanto, o valor para pagar IPVA é muito oscilante e basicamente depende da marca, modelo e ano do veículo, bem como da unidade federativa em que ele está circulando e as datas de pagamento.

 

O que fazer com o IPVA Pagar atrasado?

Com tantos impostos para pagar todos os anos é normal que alguma das taxas caia no esquecimento. Entretanto, esquecer de IPVA Pagar pode resultar em diversas complicações para o proprietário do veículo.

Primeiramente, quem deixa de pagar o imposto recebe multa por dia de atraso mais os juros de mora, baseado na taxa Selic do tesouro direto. Isso significa que atrasar o pagamento só resultará em uma dívida ainda maior.

Em segundo lugar, o automóvel fica proibido de circular legalmente, já que não pagar o IPVA é uma infração de trânsito conforme o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Assim o veículo corre o risco de ser apreendido a qualquer momento. É por isso que a atenção para pagar IPVA deve ser redobrada.

O ideal é que o motorista, organize-se durante o ano anterior para pagar a taxa assim que ela for cobrada. Esse hábito ajudará a economizar muito e evitar problemas com o DETRAN.

Para quem já tem as dívidas em aberto ainda há esperança. É possível pagar o débito à vista ou parcelado, para assim emitir a certidão negativa de dívida e ser poupado de futuras dores de cabeça.

Fazer o pagamento do IPVA não é mais tão difícil como antigamente. Podemos ver que este processo foi muito atualizado, a ponto de poder ser realizado completamente no conforto de sua casa.

Basta ter um pouco de organização que o débito será pago rapidamente e com descontos nos valores totais. Não há motivos para atrasar a dívida, já que isso só trará mais problemas para seu dia a dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + dezesseis =